sexta-feira, 10 de maio de 2013

Uma luz no fim do túnel


Quando tem feriado sempre me paro para perguntar o porquê desse dia ser especial ou ser tão digno de comemoração. Dez dias se passaram... e o que significou Primeiro de Maio? Dia do Trabalhador: um dia de manifestação em 1886 em Chicago, onde os trabalhadores saíram às ruas para reivindicar melhores condições de trabalho, menores jornadas de trabalhos.  Dois dias depois, alguns trabalhadores se envolveram em um conflito com policiais e morreram; esse fato acarretou em uma série de outros conflitos com a polícia.  Como forma de homenagear os que morreram nesse combate, foi criado o dia do trabalhador. No Brasil, Getúlio Vargas, em 1º de maio de 1940, instituiu o salário mínimo, e no mesmo dia em 1941 foi criado a Justiça do Trabalho.

Sabendo de todo este histórico, fico feliz com a atual realidade em que me encontro. Lógico, não estou satisfeita: mesmo diante de tanta luta por direitos trabalhistas, ainda hoje encontramos trabalho infantil, exploração, dentre outras realidades chocantes. No entanto vejo, também, que há uma luz no fim do túnel, mesmo que ela pareça fraca e um pouco longe.

E quem me proporcionou enxergar essa luz foi a Endeavor, que publicou um artigo dizendo que ‘Negócios que priorizam o impacto social, e não o lucro, têm cada vez mais possibilidade de êxito com o aumento das demandas da base da pirâmide’. E aí, você para e pensa: cem anos atrás os donos das fábricas eram tão gananciosos que se esqueciam de que os seus trabalhadores eram seres humanos, que precisavam de condições mínimas de trabalho e de um salário digno para viver, e só pensavam em lucros exorbitantes para a empresa. E agora, mesmo longe da perfeição, já temos pessoas tentando viabilizar ações que beneficiem os trabalhadores dessa base.

O negócio é tão novo que ainda não se tem um nome ao certo, só se sabe que é uma iniciativa que tem como objetivo ‘utilizar estratégias de negócio para melhorar a qualidade de vida das pessoas de baixa renda’. Hoje, 80% da população do país compõe essa base, de forma que, como dito no texto ‘Está cada vez mais claro que as soluções para essas questões não podem depender apenas do poder público’.

É por conta de iniciativas como essas e outras que eu ainda acredito nas boas intenções das pessoas. E se tem uma frase que me faz, todos os dias, pensar melhor no que eu faço, é: ‘Seja você a mudança que tanto procura nos outros. As pessoas não mudam com cobranças, mudam com exemplos’.
Fontes:

Por Eleni Toledo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Best Web Hosting Coupons